Seu voto foi computado com sucesso.
Enquete
Você é a favor da redução da maioridade penal?
SIM (24 votos)
13%
NÃO (165 votos)
87%
Home Notícias
Buscar no site
Newsletter
Cadastre-se para receber boletins de notícias da ATC gratuitamente.

É só informar seu email no campo abaixo e clicar em “Assinar”.
quinta, 03 de setembro de 2015
Câmara criará o Marco Regulatório do Transporte Rodoviário de Cargas Brasileiro

 

No último dia 25/08, o Presidente da Câmara Eduardo Cunha recebeu em seu gabinete representantes do “Grupo Transportando Idéias” integrantes da CTL (Câmara de Transporte Lotação) da NTC, que foram acompanhados pelos Deputados Baleia Rossi PMDB/SP e Odelmo Leão – PP/MG. Representando o Grupo, estiveram presentes os Empresários José Alberto Panzan, Artésio de Mello Júnior, Hélio Rosolen, Maurício Miguel, José Geraldo Valadão, Pablo Massa Costa, Carlos Monassi, Markenson Marques e Vansionir Paganini, além dos consultores Márcio Lopes e Roberto Queiroga, que expuseram a situação do Setor, propondo ao Congresso Nacional um plano com visão de futuro, focado na SUSTENTABILIDADE, SEGURANÇA e PRODUTIVIDADE.

 

O Presidente da Câmara Eduardo Cunha propôs criar imediatamente uma Comissão Parlamentar Especial para construir o MARCO REGULATÓRIO DO TRANSPORTE RODOVIÁRIO DE CARGAS BRASILEIRO.

 

A principal diretriz proposta pelo Presidente da Câmara é que deve ser evitado aumento nos custos dos fretes, sendo fundamental melhorar a produtividade, criar segurança jurídica, proporcionar sustentabilidade aos caminhoneiros autônomos e pequenos frotistas, manter os ganhos dos motoristas CLT, além de combater a concorrência desleal no transporte rodoviário.

 

“No Brasil há mais de 1 milhão de transportadoras para 1,8 milhões de caminhões, ou seja, menos de 2 caminhões por transportadora. Obviamente que, sem economia de escala, e tanta burocracia para operar, não há como ter melhor produtividade e incrementar tecnologia no Setor. Representamos, junto com os autônomos, pelo menos 5% do PIB, empregamos 3,5 milhões de trabalhadores diretos e mais 1,5 milhão indireto, consumimos mais de 60% do total de combustíveis do País. Sabemos que, sem caminhão, o Brasil para mesmo!” comentou um dos integrantes do Grupo.

 

O Presidente da Câmara Eduardo Cunha recomendou à Comissão Parlamentar Especial que em aproximadamente 40 seções se consiga levar para ser votado em plenário o MARCO REGULATÓRIO DO TRANSPORTE RODOVIÁRIO DE CARGAS BRASILEIRO, o que demandaria dois a três meses de muito trabalho, dedicação e comprometimento de todos os Setores envolvidos no processo.

 

Seguradoras e Gerenciadoras de Risco estão interessadas em reduzir a sinistralidade e o roubo de cargas, motoristas CLT querem melhorar seus rendimentos por meio da melhoria de produtividade, o Governo brasileiro quer reduzir o índice de acidentes nas estradas, montadoras querem voltar a vender caminhões e implementos, metalúrgicos querem recuperar seus empregos nas montadoras, o Governo precisa receber impostos de quem não esta pagando, bancos precisam receber os R$ 35 bilhões que as transportadoras devem no BNDES/FINAME. Por toda esta conjuntura, o momento é propício para organizar o Setor de Transporte Rodoviário de Cargas com a visão no futuro.

 

“Gostamos muito do dinamismo do Dep. Eduardo Cunha, bem como do conhecimento dos problemas que atinge toda a cadeia do Setor de Transporte Rodoviário de Cargas Estamos muito otimistas com esta vontade e pró-atividade do Presidente da Câmara” comentou outro Frotista que faz parte das lideranças do Grupo.

 

“Há quase 30 anos atendo Empresas de transporte no fornecimento de Sistemas de Gestão e nunca presenciei, dentre mais de duas centenas dos meus clientes, situação semelhante de insegurança jurídica, desorganização, burocratização e falta de sustentabilidade. Uma das medidas deve ser a Política Nacional de Renovação e Sucateamento da Frota de Caminhões, substituindo os veículos antigos, que são mais propícios a terem acidentes e poluir o meio ambiente. Claro que isto deve ser feito facilitando o acesso a créditos aos Transportadores Autônomos e pequenos frotistas.”, comentou o coordenador técnico do Grupo.

 

Além da reunião com o Presidente da Câmara, o Grupo esteve reunido também com a Frente Parlamentar da Agricultura, ANTT, e diversos parlamentares. Lideranças deste grupo já se reuniram também com a ANFAVEA, que tem interesse no Projeto de Renovação para reativar a venda de caminhões e implementos, gerando empregos e voltando a movimentar a economia.

 

A expectativa dos Empresários agora é que o Presidente Eduardo Cunha institua rapidamente a Comissão Parlamentar Especial.

 

Fonte: Datapar Ltda. - Márcio José Lopes

*créditos da foto à Assessoria da Presidência da Câmara dos Deputados.

© 2017 SETCARR - Sindicato das Empresas de Transporte de Cargas de Rondonópolis e Região
Rodovia Br 364, Km 200, Parque Industrial Vetorasso - Anexo à Rota Oeste Veículos
Rondonópolis/MT, CEP 78745-000
artedinâmica